Páginas

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Paralimpíadas de Londres: Brasil só ganha uma medalha nesta segunda-feira

Odair Santos foi quem conquistou a única medalha do Brasil nesta segunda-feira. Ao lado do guia Antônio Carlos dos Santos, o canarinho liderou boa parte da prova dos 1.500m - classe T11 no atletismo, mas nos metros finais acabou sendo ultrapassado pelo queniano Samwel Mushai Kimani e ficou com a medalha de prata. Jason Joseph Dunkerley, do Canadá, completou o pódio.

odair santos, Atletismo, paralimpíadas 2012 (Foto: Getty Images) 
Brasileiro liderava prova, porém foi ultrapassado por queniano. Foto: Getty Images

Samwel concluiu a prova em 3min58s37, enquanto Odair concluiu em 4min03s66 e é novo do novo recorde brasileiro. Jason fez tempo de 4min07s56.

+ Atletismo: Na final dos 100m T53, Ariosvaldo Silva, lutou até o fim, mas terminou na 4ª colocação, com tempo de 15s31, apenas 01s atrás Shiran Yu, da China, dono da medalha de bronze.

Nos 400m rasos T13 - final feminina, Joana Silva não concluiu a prova enquanto Viviane Soares fechou em 7° lugar (1min05s96). Thierb Siqueira, não largou bem na terceira bateria e ficou fora da final dos 800m rasos T12. Flávio Reitz, conseguiu a marca de 1,68m e ficou em 5° lugar no salto em altura classe F42.

Lucas Prado, cego mais rápido do mundo avançou às semifinais dos 200m T11 junto com Justino Barbosa dos Santos, seu guia. Juntos, concluíram a prova em 22s96. Felipe Gomes e Leonardo Souza Lopes (22s99) e Daniel Silva e Heitor de Oliveira Sales (23s29) também avançaram.

Basquete e vôlei feminino dão adeus à Londres; goalboll avança

A seleção de basquete em cadeira de rodas foi derrotada pela Holanda por 55 a 42 e volta ao Brasil sem medalha. As meninas perderam os 4 jogos disputados na primeira fase e terminaram na última colocação do grupo A do torneio.

No vôlei sentado feminino, as americanas derrotaram a nossa seleção, estreante em Paralimpíadas, por 3 sets a 0 (25/23, 25/19 e 25/20). O jogo valia vaga nas semifinais.

Brasil 5 x 4 Finlândia. Esse foi o resultado apertado no goalboll feminino, que garantiu a seleção brasileira para a próxima fase do campeonato.

Veja outros resultados do dia: 

BOCHA: O Brasil já tem uma medalha garantida na modalidade. Dirceu Pinto e Eliseu dos Santos, campeões em Pequim, venceram hoje a Grã-Bretanha e disputam o ouro com a dupla invicta da República Tcheca. A final ocorre nesta terça-feira (04), às 10h (horário de Brasília) 

FUTEBOL DE 7: Brasil 8 x 0 EUA. Seleção classificada para a semifinal onde enfrenta a Ucrânia.

LEVANTAMENTO DE PESO: Na categoria 75kg, Josilene Ferreira ergueu 106kg e terminou a competição em último lugar.

NATAÇÃO: Na semifinal dos 200m medley classe SM6, Adriano de Limo foi o 7° em sua bateria com 3min10s51, 12° no geral e não se classificou para a final. Ronaldo Santos concluiu a prova classificatória em 1min12s23 e se despediu no 15° lugar geral dos 100m livre S7. Nos 50m peito classe SB3, Ronystony da Silva não foi à disputa por medalhas por que fez o 13° tempo (1min00s83).

Susana Ribeiro foi a 13ª colocada geral com 1min22s09 e não avançou para a final dos 100m livre S7. Pela mesma categoria, Verônica Almeida nem chegou a cair na água. Raquel Viel fez o 10° melhor tempo (2min53s95) e também ficou de fora da final dos 200m medley SM12.

TÊNIS EM CADEIRA DE RODAS: Carlos Santos e Maurício Pomme, últimas esperanças de medalhas do Brasil em Londres, foram derrotados hoje por dois sets a zero pela dupla Ronald Vink e Robin Ammerlaan.

Os brasileiros foram derrotados em pouco mais de uma hora por 6/3 e 6/0 e voltam sem medalha para o Brasil.

VELA: Bruno Landgraf e Elaine Cunha continuam na lanterna da classe Skud18. Os dois não completaram a quinta regata e chegaram na 10ª colocação no sexto trecho da competição.

VÔLEI SENTADO MASCULINO: Brasil 0 x 3 Irã (21/25, 15/25 e 17/25).

Quadro de medalhas

1. China - 46 ouros, 31 pratas e 35 bronzes - total de 112
2. Grã-Bretanha - 19, 25 e 19 - 63
3. Rússia - 16, 20 e 13 - 49
4. Austrália - 16, 13 e 19 - 48
8. Brasil - 7, 4 e 3 - 17
Web Analytics