Páginas

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Olimpíadas de Londres: sonho do ouro no futebol masculino está próximo

O sonho de faturar a medalha de ouro até hoje inédita para o futebol olímpico brasileiro. Tudo porque agora há tarde, o Brasil venceu a Coréia do Sul por 3 a 0 e agora enfrenta na final os mexicanos, que venceram o Japão por 3 a 1.

comemoração Leandro Damião, Brasil e Honduras, Futebol (Foto: Agência AP)
Leandro Damião, com 5 gols marcados, é artilheiro das Olimpíadas junto com o senegalês Konate. Foto: AP

Leandro Damião marcou 2 gols, sendo o melhor jogador brasileiro em campo, Rômulo marcou um. A final entre Brasil e México ocorre no próximo sábado (11), às 11h (horário de Brasília) em Wembley. A disputa do bronze entre Coréia do Sul e Japão às 15h45 de sexta-feira.

Handebol feminino perde para campeãs mundiais

Após abrirem 6 pontos de vantagem sobre a atual campeã mundial e olímpica Noruega e não demostrar medo, a seleção brasileira sofreu um "apagão", deixou uma das maiores potências da modalidade feminina encostar no placar e virar o jogo. As norueguesas venceram a seleção verde e amarela por 21 a 19. Com o resultado as meninas do handebol partem de Londres sem chances de medalha.

Chana Masson chora derrota do handebol do Brasil (Foto: AFP)
Ao contrário do voleibol, o choro de Chana, jogadora mais experiente da equipe, é de tristeza. Foto: AFP


Juliana e Larissa perdem e podem ganhar bronze; Alison e Emanuel estão na final

A dupla brasileira perdeu de virada para Jennifer Kessy e April Ross, dupla dos Estados Unidos. As parciais foram de 21/15, 19/21 e 12/15.

Na próxima sexta-feira, Juliana e Larissa enfrentam as chinesas Xue e Zhang na disputa pelo bronze. A partida ocorre às 17h.

Já Alison e Emanuel ninguém seguro. De forma invicta, venceram hoje na semifinal os letônios Plavins e Smedins por 2 a 0 (21/15 e 22/20) e vão disputar a final contra Brink e Reckermann, da Alemanha ou Numeerdor e Schuil da Holanda que se enfrentam às 19h.

ATLETISMO

O sonho do bicampeonato olímpico no salto em distância feminino terminou para Maurren Maggi. A atleta fez a marca de 6,37m, na 15ª colocação, fora das finalistas e logo logo de volta para o Brasil. 

Logo após a derrota, Maurren pediu desculpas e já pensa em 2016. 

O gaúcho Fabiano Peçanha 1min45s07, nos 800m rasos e está fora da final. Evelyn dos Santos fez o melhor tempo da carreira, concluindo a prova em 22s82. Mesmo com resultado positivo, não conseguiu se classificar para a final e está eliminada.
Web Analytics