Páginas

sábado, 11 de agosto de 2012

Olimpíadas de Londres: futebol tem sonho de ouro inédito adiado mais uma vez

O comentário que faço agora, pode ser considerado polêmico, ou "ranzinza" por alguns leitores do site. Ué, é brasileiro e precisa torcer pelo seu país. Torci, no futebol e em todas as modalidades em que homens e melhores canarinhos estavam disputando medalhas, mas depois do futebol apresentado na partida de hoje - final! - contra o México, eu e muitos outros torcedores desistimos. É incrível como o Brasil "amarela" na hora do vamos ver. E foi assim mais uma vez.

Sendo verdadeiro e sincero, nossa seleção não deveria estar na final. A disciplina que vemos na seleção japonesa por exemplo, não vemos no Brasil. Em nossa seleção, vemos nomes, estereótipos, prepotência e ZERO de disciplina. Não sei como a imprensa pode elogiar o futebol do Neymar. Um jogador que prefere cair do que dar um passe para seu companheiro de time não merece respeito. A seleção inteira é assim. Todos os jogadores pensam em si mesmos, são fominhas e não dão passes. Resultado? Vitórias apertadas e mais uma derrota para o México.
Oribe Peralta comemora segundo gol do México contra o Brasil final (Foto: Reuters)
Peralta, iniciou suas peraltices aos 28s, marcando seu primeiro gol. Foto: Reuters

Quanto ao jogo, Peralta marcou duas vezes para o México. Hulk marcou aos 45min. da segunda etapa. Não adiantava mais nada. Depois de muitos passes errados e chutes a gol totalmente descoordenados, medalha de ouro para eles, e mais uma vez, prata para seleção de Mano.
Web Analytics