Páginas

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Olimpíadas de Londres: em tie-break emocionante, brasileiras vão à semifinal do vôlei

Posso me considerar um imortal depois do jogo entre Brasil e Rússia pelas quartas de final do voleibol feminino. Emoção e nervos à flor da pela até o fim. Clássico é clássico e como no Brasil  x Argentina do futebol, é decidido na raça. Após mais de 2h30min de partida, a seleção brasileira comandada por José Roberto Guimarães venceu a Rússia, seleção das mais altas jogadoras por 3 sets a 2. Parciais de 24/26, 25/22, 19/25, 25/22 e um incrível 21/19 para as brasileiras no tie-break.

vôlei jaqueline brasil startseva rússia londres 2012 (Foto: Agência Reuters) 
Jaqueline ataca Starseva. Foto: Reuters

No último set das quartas de final, as brasileiras começaram abrindo 2/0. Em erros bobos do lado russo, ainda vantagem brasileira: 4/2. Após, sombra e água fresca. Com Fernanda Garay pela ponta, Brasil 10/7. Pouco tempo depois, Garay acertou a bola, que foi muito dentro, porém o árbitro não interpretou desta maneira e deu bola fora - pra constar, a bola estava mais de 30cm para dentro -. O fato, deixou a seleção tensa, que viu o jogo empatar em 13/13. Foram 6 chances de fechar o jogo para a Rússia e apenas duas para o Brasil. Com show de Dani Lins, Fabiana e Sheilla, na segunda chance de fechar o jogo, bola no chão, choros de emoção e tristeza - por parte das russas - e um incrível 21/19.

Brasil derrotou a Rússia em duelo emocionante realizado nesta terça-feira. Foto: Bruno Santos/Terra
Gaúcha Fernanda Garay comemora ponto na rede. Foto: Bruno Santos/Terra

Dani Lins (esq), Fernanda Garay (centro) e Sheilla vibram com ponto do Brasil
Foto: Reuters

O próximo desafio das brasileiras é diante da seleção japonesa, que também garantiu sua ida à semi no tie-break vencendo a China. O jogo está marcado para a próxima quinta-feira e pode acontecer às 11h ou às 13h.
Web Analytics