Páginas

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Olimpíadas de Londres: basquete e futebol feminino dão adeus à Londres; mais 2 medalhas na conta do Brasil

A sexta-feira começou assombrosa para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres. Logo pela manhã, a seleção feminina de basquete foi eliminada depois de quatro derrotas.

Os esforços diante da seleção canadense não adiantaram; as meninas viram as norte-americanas abrirem 14 pontos de vantagem e assim como em Pequim, ser eliminada ainda na fase de grupos do torneio. Fim de linha, Brasil 73 x 79 Canadá.

Adriana basquete Brasil x Canadá (Foto: Reuters)
Pela quarta vez, seleção tenta, mas não consegue medalha de ouro. Na foto, Adrianinha, bronze nas Olimpíadas de Sidney, em 200, foge da marcação canadense. Para quem não sabe, o basquete feminino também conquistou a prata quatro anos antes: em Atlanta, 1996. Foto: EFE

No início da tarde decepção também envolvendo meninas, mas desta vez no futebol.

 No duelo entre Marta - 5 vezes seguidas a melhor do mundo - e Sawa - atual melhor do mundo -, quem  se deu melhor foram as orientais, que venceram por 2 a 0 uma  seleção apagada, que mais uma vez adia o sonho olímpico, depois de duas pratas em Pequim (2008) e Atenas (2004).

Yuki Ogimi marta brasil x japão (Foto: Getty Images)
Marta, que não fez boa atuação, lamenta gol das orientais. Foto: Reuters

O próximo desafio das japonesas agora é contra a França, que eliminou a Suécia. As donas da casa foram eliminadas pelo Canadá, que enfrenta nas quartas de final os Estados Unidos.


+ O dia teve mais lamentações. No tênis de mesa feminino por equipes, saldo de três eliminações: Caroline Kumahara, que foi derrotada pela sul-coreana Kyungah Kim, a chinesa naturalizada, Lin Gui, derrotada pela também sul-coreana Hajung Seok. Pelas duplas femininas, nova derrota: Kim e Miyoung Park passaram pela dupla verde e amarela formada por Lígia Silva e Lin Gui.

Saldo de quatro eliminações no torneio feminino. Na disputa por equipes contra Hong Kong, os representantes do nosso país Hugo Hoyama e Thiago Monteiro deram adeus à Londres. Nas duplas, Thiago e Gustavo Tsuboi enfrentaram Chu Yan Leung e Tianyi Jiang e perderam por 3 sets a 1.

Na estreia do atletismo, o passaporte de 3 atletas foram carimbados para a volta ao Brasil: Keila Costa, que fechou em 20° lugar nas eliminatórias do salto triplo, Geisa Coutinho e Joelma Sousa completou os 400m rasos em 53s43, fechando a bateria em quinto lugar; 32° no geral enquanto Joelma Sousa fez o tempo de 52s69.

Rosângela Santos se classificou para a próxima fase dos 100m após fazer o melhor tempo de sua carreira: 11s07.

Mauro Vinícius, o Duda, garantiu vaga na final do salto em distância com marca de 8,11m.

Boxe: Julião Neto foi eliminado pelo portorriquenho Jeyvier Cintrón Ocásio, que derrotou o brasileiro por 18 a 13 no peso-mosca.

Handebol feminino: primeira derrota sofrida hoje contra a forte seleção russa. As europeias venceram por 31 a 27. Já classificada para as quartas de final, o último desafio é contra as fortes africanas da Angola no próximo domingo às 7h15.


Judô fatura mais uma medalha

Rafael Silva, o "baby", faturou o bronze após derrotar o sul-coreano Kim Sung-Min, na categoria peso-pesado. A medalha do brasileiro quebrou um recorde: agora são  17 medalhas da modalidade conquistadas para o país - 3 ouros, 3 pratas e 11 bronzes.

Pela mesma categoria, Suellen Altheman perdeu para Wen Tong, chinesa heptacampeã mundial e ficou sem medalha.

Medalha também na natação

Quando se fala em César Cielo, espera-se pelo menos uma medalha de prata, já sabendo do que o nadador é capaz, porém na tarde hoje, a mesma campanha de Pequim não se repetiu e o nadador faturou a medalha de bronze nos 50m livre com tempo de 21s59.

Bruno Fratus, na mesma prova, fechou em 4°. Florent Manaudou, surpreendeu por não ser cotado como um dos favoritos; fez o melhor tempo da carreira (21s34) e levou o ouro.

Vôlei de praia

Depois da classificação de Alison/Emanuel e Thalita/Maria Elisa, as outras duas duplas brasileiras avançaram no torneio.

Ricardo e Pedro Cunha venceram os espanhóis Herrera e Gavira por 2 a 0  (21/18 e 21/19). Seus adversários nas quartas saem do confronto entre Brink/Reckermann (ALE) e Samoilovis/Sorokins (LET).

Juliana e Larissa ganharam das holandesas Meppelink e Van Gestel por 2 a 0 (21/10 e 21/17). Nas quartas,  a dupla precisa vencer as alemães Goller e Ludwig.

vôlei juliana e larissa londres 2012 (Foto: Agência Reuters)
Foto: Reuters
Web Analytics