Páginas

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Diário da Faxineira #6: Capítulo 6 - Josicleide e o cutuco da esperança no dia do amigo

Tô bem mais calma agora! Consegui fazer a lista de produto importado e viajo na próxima semana. A patroa Doutora em Letras me descolou o vale, até mais do que eu esperava, acho que até mais do que eu merecia, deu o maior apoio pra viagem de negócio pro Paraguai. Tu não imagina, me deu grana a mais da conta pra trazer bastante mercadoria. Disse que me empresta com gosto, porque sabe que sou trabalhadora e ter um plano B é importante. Ela me contou que até ela que é doutora, tem uns plano B, de vez em quando, tradução, revisão, sei lá mais o quê, qualquer destas coisas aí complicada que precisa de gente muito estudado em letras. Fiz cara de quem entendeu, é claro, mas não entendi nadica de nada, só entendi mesmo é que a Dona ficou pra lá de empolgada com a minha ideia. Me disse até que tem menina da faculdade, lá onde ela dá aula, que chama bolsista que também pode se interessar em vender produto importado. Só não entendi, bolsista, será lá o nome da sacoleira universitária? Deve de ser, né? Quando a pessoa é estudada, eu bem sei que muda o nome da profissão. A minha amiga Clarineusa que a bem da verdade é vendedora, a Jequiti manda se apresentar como consultora de beleza. Bom e tem lá razão, porque é bonito a beça mesmo o nome: consultora de beleza!

Bom e eu continuo rezando todo o dia, sem falta, pro meu Santo Antonio e tô com muita fé de conhecer um gostoso na viagem. Tô com aquele cutuco sabe, aquele que vem de dentro quando a gente sente que vai acontecer coisa de boa na vida. Tu nunca teve o tal cutuco? Mas é tão bom, tão bom ter o cutuco que a vida até fica mais leve. Hoje tô aqui na limpeza pesada cantando e rebolando! Porque eu sei que dia bom vem chegando...

Tem sol graças ao São Pedro, assim minha limpeza rende e faço tudo mais depressa. Vou dar um pulinho na padaria da esquina, na saída, tem amiga fazendo limpeza aqui pertinho também. A gente se encontra prum cafezinho com bolo, que hoje é dia do amigo e tem que comemorar. Mais tarde tem pagode, mais a gente gosta de comemorar só guria primeiro, porque de noite a gente já não consegue conversar tanto com música alta.

Amigo é tudo de bom, num é mesmo? Eu não vivo sem amigo, tenho uns de infância, de adolescência, de adulta e espero velhinha ainda encontrar mais amigo nesta vida.

Termino por aqui cantando e rebolando A amizade é tudo, tu conhece? È do Jeito Moleque! Se que quiser ouvir o pagode, tá aí o vídeo com a participação do negão tudo de bom Thiaguinho:


Já ia me esquecendo: um feliz dia do amigo pra ti!


---
Este é um post especial do TCHÊcnologia publicado toda quarta-feira, às 22h, na seção Diário da Faxineira, editada por Joselma Noal.
Web Analytics