Páginas

quarta-feira, 21 de março de 2012

Apple anuncia que vendeu 3 milhões de novos iPads desde o seu lançamento

Chega de especulação! A Apple anunciou hoje que vendeu 3.000.000 de novos iPads desde sexta-feira, 16 de março, quando o gadget foi lançado em nove países. Abaixo, o comunicado enviado para a imprensa:



A Apple anunciou hoje que vendeu três milhões de seu incrível novo iPad, desde o seu lançamento na sexta, 16 de março. O novo iPad apresenta uma nova tela Retina impressionante, um novo chip da Apple A5X com gráficos quad-core, a câmera iSight de 5 megapixels com lentes avançadas para captura de fotos incríveis e vídeo [Full] HD 1080p, e ainda oferece o mesmo tempo de bateria de 10 horas, permanecendo incrivelmente fino e leve. O iPad Wi-Fi + 4G suporta redes 4G LTE ultra-rápidas nos EUA e no Canadá, e redes rápidas em todo o mundo, incluindo aquelas baseadas em HSPA + e DC-HSDPA.

“O novo iPad é um blockbuster com três milhões de unidades vendidas — o lançamento de iPad mais forte até agora”, disse Philip Schiller, vice-presidente sênior de marketing global da Apple. “Os clientes estão amando os incríveis novos recursos do iPad, incluindo o impressionante display Retina, e não podemos esperar para colocá-lo nas mãos de ainda mais clientes ao redor do mundo nesta sexta-feira.”

O novo iPad já está disponível nos EUA, na Austrália, no Canadá, na França, na Alemanha, em Hong Kong, no Japão, em Porto Rico, em Singapura, na Suíça, no Reino Unido e nas Ilhas Virgens, e estará disponível em mais 24 países a partir das 8 horas, horário local, nesta sexta-feira, 23 de março, através da Apple Online Store, lojas de varejo da Apple e revendedores autorizados, incluindo Áustria, Bélgica, Bulgária, República Checa, Dinamarca, Finlândia, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Macau, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha e Suécia […].

Três milhões de iPads em 72 horas — mais do que alguns concorrentes vendem em 365 dias.

Fonte: MacMagazine
Web Analytics