Páginas

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Fábio Dall'Agnol é campeão Sul-americano de Rali

Este texto foi reproduzido integralmente do site Cronospeed. Todos os direitos reservados.


Um final de semana histórico para o rali brasileiro e ainda mais para o jovem piloto gaúcho Fábio Dall Agnol. Ele conquistou neste final de semana o título de campeão Sul-americano de Rali de Velocidade na categoria Classe 6 (carros de tração 4x2 e motor até 1,6 litros), uma das mais disputadas ao longo da temporada. “Estou muito feliz”, foram as primeiras palavras de Fábio Dall Agnol ao completar um dos ralis mais complicados da sua carreira.

Punta del Este, no Uruguai, é um paraíso turístico. Mas para os competidores que andaram aos arredores da cidade a quarta e última etapa do Campeonato Sul-americano, a palavra paraíso estava fora de qualquer dicionário. “Foi um rali muito difícil, exigente ao extremo”, sentenciou Fábio. Ele, que tem Gabriel Morales como navegador, chegou ao Uruguai na liderança do Campeonato e nem era preciso vencer para ser campeão. O sábado foi de quebra mecânica. Já o domingo foi e ritmo forte, andando sempre entre os primeiros na categoria e entre os carros de tração 4x2. “Lamentavelmente na quina especial (trecho cronometrado) deste domingo, tivemos um pneu furado que nos fez perder muito tempo”, lamentou o piloto. Ele e Gabriel fecharam o dia na 10ª colocação. Porém seus principais concorrentes ao título também não foram nada bem e com isso o título foi garantido.

Ao longo do ano Fábio e Gabriel venceram as etapas de Erechim (Brasil) e Apósteles (Argentina) do Sul-americano, assumindo a liderança do campeonato. “este título coroa um ano de muito trabalho e dedicação. Em Erechim tivemos um rali perfeito, chegando a primeira vitória no ano. Depois em Apósteles, muita chuva, lama e dificuldades extremas, porém fomos mais uma vez buscar a vitória. Aqui (Punta del este) chegamos para administrar a liderança e conseguimos isso ao longo do final de semana”, comemorou Fábio.

A vitória na etapa uruguaia na Classe 6 ficou com os “donos da casa” Alberto Gallinal/Pablo Ginella. Na classificação geral do campeonato, Fábio fechou a temporada com 96 pontos contra 87 dos paraguaios e vice-campeões, Henri Hildebrand/Juan Cabrera. Ele é campeão entre os pilotos e Gabriel Morales fica com o vice-campeonato entre os navegadores.

O Rali no Uruguai

Um rali desafiante e tecnicamente complicado. Assim foi a quarta etapa do Campeonato Sul-americano de Rali de Velocidade, na região de Punta del Este, no Uruguai. “Certamente uma prova muito difícil. Tivemos problemas no sábado, furo de pneu no domingo. Mas o importante era administrar a liderança do Campeonato e foi o que fizemos do início ao fim da prova”, destaca Fábio Dall Agnol.

De acordo com o piloto, o carro, Peugeot 207, também foi importante na pontuação desta prova em Puntal de Este e também na conquista do título. “Ao longo do ano tivemos sempre um bom carro em mãos. No Uruguai o Peugeot 207 enfrentou uma prova muito complicada, com bastante pedras grandes nas especiais, buracos, trechos realmente exigentes. E o carro consegui se sair muito bem desta prova que nos garante o título”, enfatiza Fábio.


Apoio da família

Se tem prova de rali de velocidade e Fábio Dall Agnol está nela, também estão na torcida, ali, na beira dos barrancos, o pai Milton, a mãe, Catarina, ou “Kake” como é conhecida na família e também a irmã Thais. “Tem sido assim ao longo da minha carreira, durante as vitórias e conquistas que já tive. Este apoio é sempre muito importante, ver a família torcendo por você, ali na beira da pista, certamente me dá muita força para buscar os resultados”, enfatiza Fábio.

Em Punta del este, além da família, Fábio e os pilotos do Rio Grande do Sul na prova, também tiveram apoio de um grupo de torcedores de Erechim e Gaurama. “Eles viajaram muitos quilômetros para estar aqui nos apoiando. Temos que agradecer muito a eles por esta torcida, pelo carinho”, diz Fábio, natural da cidade de Gaurama, norte do Rio Grande do Sul.

A carreira

Fábio Dall Agnol conquistou neste final de semana, seu primeiro título internacional. O título do Sul-americano, e mais um no currículo deste jovem piloto. Ele já conquistou também os títulos do Brasileiro (2007) e Gaúcho (2007/2008). Também já conquistou o Capacete de Bronze (Oscar do automobilismo brasileiro) nos anos de 2007 e 2008.

Seu currículo engloba ainda 54 corridas, 45 pódios e 25 vitórias. Fábio já competiu em 25 cidades diferentes ao longo da carreira. Agrega ainda a terceira colocação, na principal categoria da Copa Peugeot brasileira, nos anos de 2009 e 2010. Este ano é vice-líder da temporada 2011 na Copa Peugeot que tem ainda uma etapa em disputa.

O navegador Gabriel Morales tem 34 corridas ao longo da jovem careira, com 21 pódios e seis vitórias. Foi campeão da Copa Peugeot (categoria 206 Light) em 2009. Recebeu ainda o Capacete de Bronze em 2010 e agrega dois terceiros lugares no Campeonato Brasileiro nos anos de 2010 e 2011.

Texto: Edson Castro
Foto: Cronospeed
Fonte: Cronospeed
Web Analytics