Páginas

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Iconoscópio #10 – As cópias da televisão no Brasil, o sucesso do Teleton e a audiência noturna do Pan agrada a Record

por Leonardo Portella (@leooportella)

Você pode opinar através do e-mail leonardoportella@globomail.com

Quer rever outras edições da Iconoscópio? Clique aqui!

 

Programas de TV copiam e reclamam demais

Todo mundo sabe que a televisão no Brasil é movida a cópias. Nos tempos passados, os grandes empresários de televisão iam até os Estados Unidos e traziam as novidades de lá e implantavam aqui no Brasil. Hoje, isso não é mais permitido. Para copiar, tem que pagar pelo formato e fazê-lo conforme as regras da empresa.

Dentro do próprio país, as coisas mudam. Pode copiar, e quem vai levar a melhor será aquele que ousar mais. Ás vezes, cansa ver tantas cópias. E existem muitos exemplos disso.

O fato novo que ocorreu nesse último domingo (23), foi que a apresentadora do “Tudo é Possível”, Ana Hickmann mandou indiretas para o concorrente “Domingo Legal”, do SBT. Ela quis dizer que o quadro com as duas assistentes de palco Bruna e Diana era uma cópia do quadro “Saindo da Rotina”, que reúne as ex-fazendeiras Lizi Benites e Janaína Jacobina.

Só que vale lembrar, o “Tudo é Possível” também copia. Está no ar agora um quadro de humor, igual ao “Quinta Categoria”, da MTV. Ou seja, elas por elas.

O “Caldeirão do Huck” também copia. Mudaram o formato do “Agora é Nunca” e fizeram muito semelhante ao “Nada Além de Um Minuto” do Programa Silvio Santos.

O programa “Eliana” quer partir para a linha do namoro na TV, fazendo quadros semelhantes ao do “Melhor do Brasil”, de Rodrigo Faro.

Todos copiam e nenhum deles pode reclamar.

 

Em 14 edições, Teleton continua sendo sucesso

E mais uma vez o SBT levou ao ar o glorioso Teleton. A grande rede que se constroem para garantir assistência a milhares de crianças e adolescentes atendidas pela AACD é, sem dúvida alguma, o melhor de todos. É no Teleton em que as pessoas se emocionam, e veem que o trabalho é sério e que qualquer doação será bem-vinda. Palmas para todas as emissoras que ajudaram a construir essa festa, que sem a ajuda dos empresários, não seria possível concretiza-lá com sucesso.

A edição desse ano começou com a grande dúvida. Hebe Camargo, iria ou não? É claro que ela foi, afinal é a madrinha do Teleton e a apresentadora que todos os anos abria o programa, após o pronunciamento de Silvio Santos. Esse ano, a apresentadora Eliana fez as honras da casa durante a noite de sexta.

Valeu também o vídeo que o apresentador Gugu Liberato gravou e foi ao ar. É a primeira vez que ele aparece no canal, após a saída em 2009.

Foram arrecadados R$ 26,8 milhões de reais!

 

Audiência noturna do Pan é boa

Foi cedo demais para afirmar que os Jogos Pan-Americanos na Record seriam fracasso. Nessa última semana, as transmissões noturnas garantiram ótima audiência. Já as que foram ao ar de tarde, nem tanto, deixando escapar a vice. Jogos como a final do vôlei feminino entre Brasil e Cuba, deram o ouro ao Brasil (foto) e a liderança em alguns horários para a emissora paulista.

Quem sai perdendo é o público do Jornal da Record e da novela teen Rebelde. Ambos, perderam para seriado Chaves e para o SBT Brasil do SBT. Ou seja, o público fiel da Record migrou para outros canais durante o Pan.

O Brasil faz uma grande atuação nos jogos e com isso, as transmissões foram assistidas com frequência. Agora, tem o atletismo e as finais do futebol que devem garantir a boa audiência para a Record. É esperar para ver…

 

Rápidas

** Confesso que assistindo a Eliana ao vivo no Teleton, me deu uma vontade de quero mais. Bem que o seu programa dominical poderia ser ao vivo. Competiria de igual com o Gugu e seria mais fácil para programar breaks.

** Fascinação será a próxima reprise nas tardes do SBT.

** Apesar de muitos considerarem a novela “A Vida da Gente” como ótima, a audiência não está correspondendo e isso pode se atribuir ao horário de verão. Fechou com média semanal de 21 pontos, sendo que o ideal é 26 para cima. Sinal de alerta ligado na Globo.

** Depois de “namorar” as praias de Guadalajara, a repórter Adriana Araújo já está em São Paulo. Semana de folga para a repórter que entrevistou todos os medalhistas das água mexicanas

** Hoje tem Rafael Cortez na bancada do CQC!

 

Fale Conosco

Deixe sua opinião sobre a coluna: mande um e-mail para leonardoportella@globomail.com ou faça um comentário aqui na postagem. Críticas e sugestões também são bem-vindas.

“ É cedo demais falar que o Pan na Record é fracasso. Gosto de ver os jogos e perceber que não é só a Globo que faz boas transmissões” – Ruan

É estranho ver o Pan na Record. Não gostei.” – Aline

“Como diz a coluna, quem acompanhava todos os dias Rebelde se ferrou. Era rotina minha e de meus familiares assistir a novelinha e agora não tem horário certo. Odiei esse maldito Pan” – Pedro

Eu acho que a Record faz uma boa transmissão, porém o único negativo é a programação. Eu acompanhava o Jornal da Record e agora nem sei mais que horário ele passa!!

 

Vídeo da Edição

A presença de Hebe Camargo no Teleton era a grande dúvida da edição deste ano do evento. Após grande repercussão na internet, a madrinha do Teleton chegou de forma engraçada, provocando a alegria de muitos que assistiam ao programa.

Por mais que Hebe estivesse em outra emissora, sua presença era fundamental para o sucesso do Teleton!

Fontes: Portal PS, R7

Além de assinar a Iconoscópio aqui no TCHÊcnologia, faço também postagens no Televisão RS e no meu blog, o Ex-Blogueiro. Confira! Semana que vêm tem mais Iconoscópio!

Web Analytics